Translate - Escolha o idioma em que deseja ler este blog.

quarta-feira, 23 de abril de 2014

Ed. Costelas Felinas: Humor Cego - Vieira Vivo

Ed. Costelas Felinas: Humor Cego - Vieira Vivo:  capa brochura 19x13,5 adquira diretamente com o autor cac...


Cabeça Ativa: tema: AROMA - Promoção no site para ganhar a revista. Acesse e concorra!

Cabeça Ativa: Cabeça Ativa - AROMA: Aromas de versos nos envolveram em fragrâncias várias para que pudéssemos aspergir aos quatro ventos a edição nº 25 de Cabeça Ativa . Os...

 

AUTORES DESTA EDIÇÃO: 
Roberto Massoni, Cruz e Souza, Bashô, Neiva Pavesi, W. Mota, Iracema M. Régis, Rosa Ramos, Manuela Nogueira, Cláudio Feldman, Cláudio Portella, Ferreira Gullar, Vieira Vivo, Maria Lúcia Dal Farra, Paulo Leminski, Adriana Gonçalves Lopes, Thereza Christina Rocque da Motta, Majela Colares,  Edson Bueno de Camargo, Ribeiro Couto, Emanuel Medeiros Vieira, Rogério Fernandes, Cris Dakinis, Nédia Sales, Charles Baudelaire,  Luiz Otávio Oliani, Kipling, Pablo Neruda, Dimas Macedo, Mahelen Madureira, Carmén Olleé, Aristides Theodoro, Ézio Pires, Nilton Thomé, Benette Bacellar, José Marins, Martins Fontes, Paulo R. Rodrigues, Alcides Buss, Eno Teodoro Wanke, Napoleão Valadares,  Ruth Hellmann,  Emiliano Perneta, Edweine Loureiro, Cassiano Nunes, Gonçalves Dias.

CAPA: NELI VIEIRA

1º Lugar no Prêmio Teixeira e Sousa 2014, categoria POESIA para o meu poema SINFONIA - Cris Dakinis

Fiquei muito feliz e emocionada com a cerimônia de premiação promovida pela SECULT/ Cabo Frio- RJ. Abaixo, fotos do grupo de escritores premiados em todas as categorias: Poesia, Conto e Crônica.

Em cerimônia realizada no Museu José de Dome – Charitas, no dia 29/03, o Secretário de Cultura de Cabo Frio premiou os vencedores do PRÊMIO TEIXEIRA E SOUSA DE LITERATURA 2014, nas categorias Poesia, Crônica e Conto. 
 
 
Fotos dos colegas literários premiados, presentes ao evento de 29/03/2014

 
                                                 
          Foto minha com Flávio Machado - 2º lugar com o poema "Noticiário"
                                        
                    Miguel Lima declamando o poema "Sinfonia"