Translate - Escolha o idioma em que deseja ler este blog.

sábado, 4 de outubro de 2014



EMÍLIA

Emília, uma boneca colorida...
de pano, recheada de macela
Como é viva e fala, a tagarela!
Tia Anastácia fez essa sabida.

E bota a língua, olha que atrevida!
Pois Narizinho cuida tão bem dela,
que a fez Marquesa de Rabicó, ela,
a mais esperta, a nobre intrometida.

Pirlimpimpim! Repetem as crianças
Adultas, elas riem das lembranças
de Emília em seu cerzido literato...

É a mais lida, embora diga asneira,
do sítio, a famosa e mais faceira...
Boneca Emília, a filha de Lobato!


Cris Dakinis
Soneto publicado no livro Adágio Enslarado

Nenhum comentário: