Translate - Escolha o idioma em que deseja ler este blog.

terça-feira, 24 de julho de 2012

1º e 3º lugar na modalidade SONETO e 3º lugar na modalidade POESIA - Concurso Literário “Foed Castro Chamma” - ALACS /PR

A Academia de Letras Artes e Ciências do Centro Sul do Paraná (ALACS) está divulgando o resultado do seu Concurso Literário 2012 que, em comemoração aos 10 anos de fundação da entidade, recebeu o título do poeta iratiense “Foed Castro Chamma”.


Sonetos - tema livre
1º Lugar: Elipse - Cris Dakinis (São Pedro da Aldeia - RJ)
1º Lugar: Navio de Sombras - Maygon André Molinari (Irati - PR)
2º Lugar: Papel de Confeito - Reginaldo Costa Albuquerque (Campo Grande - MS)
3º Lugar: Caminho Azul – Cris Dakinis (São Pedro da Aldeia - RJ)
Poemas - tema livre
1º Lugar: O Verbo - Rogério Luz (Rio de Janeiro - RJ)
2º Lugar: No Poço - Hernany Luiz Tafuri Ferreira Júnior (Juiz de Fora - MG)
3º Lugar: Livre Estudo para o Gato - Adriano Apocalypse de Almeida Cirino (Belo Horizonte - MG)
3º Lugar: Enxurrada - Tatiana Alves Soares Caldas (Rio de Janeiro - RJ)
3º Lugar: Vela - Cris Dakinis (São Pedro da Aldeia - RJ)
4º Lugar: A Palavra - Rogério Luz (Rio de Janeiro - RJ)
5º Lugar: Cir.Concisão - Geraldo Trombin (Americana - SP)
6º Lugar: As Palavras - Rogério Luz (Rio de Janeiro - RJ)
Fonte:
 
CAMINHO AZUL

Eu sou o rastro que cintila a sorte
Sou o caminho azul cor de cristal...
Daqueles que perseguem o Graal,
Eu sou a estrela-guia, sou o Norte...

Sou rumo ao topo, o ápice do forte
Quando persigo um ávido ideal...
Sou o percurso, a trilha, sou o aval,
Rosa dos ventos como passaporte...

Sou o convite ao passo itinerante
Neste vagar purpúreo, o passarinho
Sobrevoando a aurora caminhante

Douro jornadas livres de moinho...
O Cavaleiro Andante ao Rocinante!
Sou poesia azul... Sou o caminho...

* Cris Dakinis
(Este é o soneto que ficou em terceiro lugar no FOED CASTRO CHAMMA/PR e  foi também  classificado no Prêmio UNIFOR/ Universidade de Fortaleza/CE.)

Selecionada em sexto lugar para integrar a antologia. Aqui está o soneto "Por isso eu canto o Cariri" - por Cris Dakinis

A festa e o lançamento da antologia foi em julho de 2012. Fui classificada com o soneto "Por isso eu canto o Cariri"- um tema muito interessante o desse concurso, homenageando o Cariri Paraibano. Gostei :)


POR ISSO CANTO O CARIRI

Eu canto o Cariri, flor do sertão
e levo na memória a sutileza...
De sua cor de sol que a natureza
estampa o ano inteiro à região

Se a seca deste solo traz rudeza,
cai chuva e brota nova plantação:
raízes que nascem em São João
espalham verde pela redondeza

Eu emudeço quando ouço o sossego
da noite refrescada a me sorrir,
e daí... Já nem é mais um segredo...

Que este meu coração bate aqui
com a eternidade de um lajedo,
amo! E por isso canto o Cariri...

*Cris Dakinis



domingo, 15 de julho de 2012

MINHA FADA MADRINHA É UMA BRUXA! - Livro de Cássia Rosso



Minha Fada Madrinha é uma Bruxa fala sobre como não devemos julgar os outros pela aparência e que, de onde menos esperamos, os nossos sonhos podem virar uma doce realidade.
Um livro cativante, um ótimo conto infantil em uma publicação atraente com ilustrações lindas demais. 
Eu recomendo :) 

O livro está à venda na Cakibooks: 
http://loja.cakibooks.com.br/livros/livro-infanto-juvenil/minha-fada-madrinha-e-uma-bruxa.html