Translate - Escolha o idioma em que deseja ler este blog.

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

O PESCADOR NOBRE E A RELES DAMA - Por Cris Dakinis

 


Dentre os 20 poemas finalistas no FESTCAMPOS de POESIA FALADA / 2009;
2º lugar no gênero Poesia do Concurso Literário da Academia de Letras de São João da Boa Vista /SP/2008;
Classificado no Prêmio FEUC de Literatura 2008

                   O PESCADOR NOBRE E A RELES DAMA

O rijo mastro sustenta insistente ...
a vela que treme, que voa, que sente
Há harmonia em todo o conjunto ...
Não separo, nem paro: ajunto !

Ouvindo o bater da água salgada
Barulha a sua sede ...
Mergulha a minha rede ...
Sinto-me voar: toda alagada !

No alto, eu vela tremendo
Se outra, jazia ardendo ...
Sou eu! Então velo gemendo
no colo do barco: me tendo !

O sol se põe a seu tempo
E a lua aparece tão bela
Tão só que sinto dó dela
Mas o barco tem ela: a vela !

E a vela tem o mastro que a prende
Meu vestido amassado e molhado
Do mar manso, quente e cansado
Sento-me atada ao porto: suado !

O lucro é líquido que nele derrama
Hum... mar maroto servindo de cama
Ao barco, à vela, ao casal que se ama:
o pescador nobre e a reles dama !

(do livro POR ARTE DE MAGIA)
* Cris Dakinis

ESCRITORA TATIANA ALVES LANÇA LIVROS DE CONTOS NA BIENAL RJ/2011: "SIMULACRUM" e "FESTIM"




















As noites de autógrafos ocorreram nos dias 05 e 10 de setembro. O livro de Contos O FESTIM, pela Litteris Editora. SIMULACRUM, também de contos, pela Editora Celacanto em parceria com a Oficina Editores.
Eu fui no lançamento (do SIMULACRUM) e batemos estas foto aí, que não consigo formatar para ficar abaixo da notícia principal!
Vale destacar o belíssimo sarau de poesias com declamação de vários poetas, inclusive Tatiana Alves e o mais que talentoso declamador e ator PRIMITIVO PAES. Foi um enorme prazer conhecê-lo pessoalmente!
 

CORAÇÃO SEMPRE ABERTO - Por Catarina Maul (poema escrito) e Grazi Araújo (poema-foto)




















CORAÇÃO SEMPRE ABERTO
Há dois espaços vagos no mundo
Onde somente os que amam se encontram
Mesmo que ainda não se amem, um ao outro...
Mesmo que ainda não se tenham descoberto
quando acontecer do destino acertar
o lugar reservado está pronto, está certo
vago para quem conservar
o coração sempre aberto.


(Por Catarina Maul / foto: Grazi Araújo)