Translate - Escolha o idioma em que deseja ler este blog.

domingo, 18 de dezembro de 2011

LACUNA por Cris Dakinis




















LACUNA


Café amargo,

vidraça descortinada,

jardineira deserta...

Onde

o sabor,

o aconchego,

a flor?


A cama arrumada,

a canção errada,

o espelho sem batom...

Onde

o amor,

a lembrança,

a cor?


Nossa antiga foto,

de carícias, emoldurada,

colhi e poli com esmero...

Onde?

À entrada da casa...

Sentindo desespero...

Sem ti, eu espero...


quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

PONTUAL por Tatiana Alves




















PONTUAL

Fui criada para ponto
Ponto em cruz
Ponto de bala
Cozinha e costura: relógio de ponto
E eu me mantinha trancada.

Um dia eu ouvi um ponto
Ponto riscado
Ponto cantado
E a pomba marcou ponto em minha vida-encruzilhada.

Hoje não dou ponto sem nó
E, botando os pontos nos ii,
Ponho o ponto final.
Saio bem tarde
Camuflando a cicatriz dos pontos que levei.
Vou pra vida
Vou pra esquina
Onde à noite faço ponto.
* Tatiana Alves
(Poema classificado em 46º FEMUP/PR/Troféu Barriguda; Prêmio Digit-AL Letras no Palco; APPERJ/RJ; ACE/Canoas/RS; FESTPOESIA VARGINHA/MGtodos em 2011)

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

A COR DO SONHO por Cris Dakinis



A COR DO SONHO

É uma aliança virgem que convida
ao enlace áureo que a batalha esquece
Perde terreno quando a guerra aquece
a desbotar o viço que é da vida...

A cor do sonho é a humanidade unida
É claridade que nunca anoitece...
Seres serenos onde o azul trepida
são luzes brancas em eterna prece

Quando as nações se unirem, ai quem dera!
Sem pesadelos, sem qualquer quimera...
Terá o planeta Terra a cor capaz!

Se de insônia o mundo está doente,
alvo é o sonho de toda essa gente...
Que despertemos pra viver em Paz!

(* Cris Dakinis)
(soneto selecionado para as antologias da Biblioteca de Afogados/PE/2011 e do CLIPP -  Presidente Prudente/SP/2011)

domingo, 4 de dezembro de 2011

A escritora Jussára Godinho com os troféus da Academia de Caxias do Sul/ RS/ 2011






















Troféus nossos! Dela e meu em 2º lugar em Poesia, da Tatiana Alves em infantil e do Geraldo Trombin, além de premiações de vários colegas :)